10 de maio de 2017

Coluna #MARCASBR - Conheça a Mr. Dom Clothing.

Heeeeeey Galera, tudo bem com vocês?
Cá estamos para mais uma edição dessa coluna tão bacana, que é a #MarcasBR.
Como eu falei na primeira edição, que você pode conferir aqui, essa coluna tem como objetivo mostrar a qualidade dos nossos criadores nacionais, e do comprometimento deles para com a moda.
E a marca de hoje não é diferente disso. Hoje iremos conhecer um pouco sobre a Mr. Dom Clothing!
Eu tive a grata oportunidade de conversar com os responsáveis pelo conceito da marca e produtos, Luan Oliveira (23) que é pós graduado em Marketing do Varejo, e também com o Paulo Gonçalves (30) graduado em Relações Internacionais, que cuida do planejamento e negócios da Mr. Dom Clothing. Ambos jovens com visões fantásticas para a moda masculina.
Então bora conhecer?
MPM: Como surgiu a Mr Dom Clothing

Mr. DOM: A Mr. Dom surgiu em meados de 2014 depois de algumas tentativas sem sucesso de criar uma marca com amigos. Anteriormente tinha dado uma pausa nas ideias por não ter alguém para me acompanhar. Em 2015 o sonho novamente acordou dentro mim e fui começando e aos poucos customizando algumas peças próprias e apresentando para alguns amigos mais próximos.  As ideias foram saindo do papel e com o tempo foram se tornando desenhos das primeiras peças da marca. Por influências familiares sempre gostei de usar roupas diferentes, muitas vezes peças mais extravagantes eram as que mais me chamavam atenção. Jovem e sem muita grana sempre quis usar roupas legais e na maioria das vezes com um preço nem sempre acessível. Foi então que os primeiros desenhos passou a tornar realidade.
MPM: Podemos ver um espirito jovem nas criações dos produtos da Mr Dom Clothing. Da onde vem essas inspirações? 
Mr. DOM: As cabeças pensantes na marca hoje são sim de dois jovens que respiram, dormem e acordam vivendo Mr. Dom. Claro que seguimos algumas referências do mundo da moda, do estilo street wear e principalmente referências de grifes "gringas" que se aproximam do nosso estilo. Nossas inspirações vem do que buscamos ser e representar através de nossos valores (honra, legado, protagonismo, ética, sustentabilidade, objetividade e justiça). As criações representam a visão de uma causa, a essência de ser Mr. Dom. A causa do Afro-empreendedor faz parte da nossa motivação diária e buscamos a cada dia inserir nossa ideologia em nossos negócios. Ficamos contentes em ver um mercado afro ultrapassando barreiras e perspectivas em questões mercadológicas. A estrada é longa e para nós está apenas começando. Isto é o que nos move.

MPM: É fácil de perceber que a Mr Dom Clothing quer passar sempre algo inovador para seus clientes. O que o público masculino pode esperar das criações da marca? 
Mr. DOM: Podem esperar por peças ousadas sempre acompanhando as tendências. Nosso público pode esperar por criações que ao mesmo tempo podem ser extravagante ou também um Clean Style, que poderá ser usado durante o dia ou até mesmo durante a noite em um ambiente mais festivo, mais balada como muitos costumam chamar. Estamos sempre procurando lançar peças exclusivas e não deixamos de pensar em fazer o que o jovem mais procura hoje em dia, no estilo street wear ou estilo urbano para alguns. Serão peças que se podem ver nas grandes 'Fast Fashion'.
MPM: Envolver o cliente final é sobre tudo um excelente trabalho de fidelização. Qual seria o diferencial da Mr Dom Clothing
Mr. DOM: A fidelização de clientes na nossa visão está além de fornecer produtos de qualidade, realizar o atendimento da maneira correta, atender o prazo de entrega e fazer pós-vendas. Desde o aroma em nossas peças e os brindes para os clientes, tudo isso faz com que sejamos uma marca cada vez mais próxima do nosso público. Somos uma marca sustentável e pensamos nas causas ambientais da atualidade, buscamos minimizar em nossas confecções a geração de resíduo e fazemos o reaproveitamento de tecidos que dão origem as nossas etiquetas e estes diferenciais têm sido bastante elogiado por nossos clientes. Sabe aquela sensação que temos no dia a dia que tem alguém pensando em nosso bem estar? É justamente isto que desejamos passar. Nós queremos fazer os produtos e conversar com nossos clientes.
MPM: Sabemos que o cenário nacional é extremamente disputado e que muitos querem o seu "lugar ao sol". Quais as maiores dificuldade e vitórias alcançadas pela Mr Dom Clothing?
Mr. DOM: Ser jovem empreendedor não é fácil e algumas situações te fazem amadurecer para o mercado, não é apenas ser um empresário.
Ser uma marca independente não é fácil no que diz respeito a gestão no geral, em nosso caso temos conhecimento em algumas frentes e quando estão fora do nosso alcance vamos em busca do conhecimento. Nada mais do que uma sociedade sólida e um planejamento bem esclarecido para seguirmos em frente. É claro que obstáculos sempre existirão, mas são nesses momentos que buscamos ainda mais gás para dar continuidade. Ter uma grife e implantar um conceito é realmente a grande dificuldade que toda marca iniciante tem. Além de um planejamento estratégico eficiente é importante ter uma equipe muito boa e mão na massa. Enfrentamos algumas dificuldades em parcerias que não deram certo e aprendemos muito. Somos de Mogi das Cruzes, uma cidade de São Paulo. Aqui no extremo leste fomos a primeira grife a participar da maior feira de negócios do alto tietê (Expo Mogi) e a mesma ocorre na semana de aniversário da cidade, tivemos uma experiência incrível, motivante e a aceitação do publico foi excelente.
E então? Curtiram? Gostaram? Conta pra gente o que achou?
Você, já conhecia a Mr. Dom Clothing
Bom, e você pode encontrar as coleções e produtos da Mr. Dom Clothing acessando www.estilomrdom.com.br ou o instagram da marca clicando aqui.
Aqui em baixo eu deixei um pouco da coleção outono-inverno, só pra você ter um gostinho. Dá uma olhada tá? (rs) 


Conta pra gente o que vocês acharam da Mr. Dom Clothing? Pode deixar seu comentário aqui, ou lá no nosso instagram ou facebook oficial. Que à propósito se você ainda não segue, aproveita para seguir, é só clicar aqui aqui.

Por hoje é só, pessoal! (rs)
Até a próxima.
Abraços do Brum.
Vinícius Brum
Colunista

Nenhum comentário:

Postar um comentário