4 de julho de 2016

Casacos e Jaquetas! aprenda algumas dicas de como usa-las.


Olá pessoal, aqui é o Fran Dias, seu novo colunista do Moda para Meninos. Hoje a gente vai falar um pouco sobre a peça de roupa que todo menino mais ligado ou não em moda tem em seu guarda-roupa, o casaco e jaquetas. Grande parte dos meninos usam esta peça com a finalidade maior de fugir do frio. Entretanto a maioria concorda que sua versatilidade em despi-la rapidamente em qualquer virada repentina do tempo (muito comum no nosso clima louco do Brasil) faz ela ser uma opção quase obrigatória nas estações que não sejam o verão.
Bom,  vamos ao que interessa...
Estatura
Antes de tudo é importante você ter consciência do seu corpo, como estatura, estrutura física, entre outros. Via de regra, em pessoas mais baixas (em média menor que 1,70) não se recomendado o uso de peças ou sobreposições mais longas, ou seja, abaixo do linha média das coxas, pois a sensação de baixa estatura é ampliada. Então a solução, nesses casos, é o uso de jaquetas.
Estrutura
Se você possui uma “barriguinha mais proeminente”, evite utilizar casacos que marquem demais a região abdominal, e não utilize cintos ou jaquetas que tenham a barra exatamente na cintura, estes devem ser um pouco mais abaixo. Já pessoas que possuem uma estrutura mais magra, podem utilizar casacos com um tamanho maior, caso queiram aparentar-se mais encorpadas.

O que comprar?
Preste atenção em todas essas situações na hora da compra, fazendo testes com a peça aberta, fechada, e com o uso de mais de uma roupa por baixo, para os casos de frio intenso que precisem de mais agasalho (pois lembre-se que casaco é coringa para qualquer época do ano). Por falar em compras é extremamente importante salientar que casacos de melhor corte, tecido e durabilidade, normalmente são peças mais caras. Então vale a pena não economizar tanto para comprar uma boa peça. Preste atenção nessas dicas para fazer uma compra duradoura, e para que você não tenha a sensação, no próximo ano, de que não jogou o seu tão suado dinheiro fora (lembre-se que vivemos em dias de crise, viu?!). Ah, e não se empolgue demais com tendências de moda muito especificas, pois, nesta peça vale muito mais a versatilidade, para que justamente você tenha uma larga possibilidade de uso nas mais variadas épocas do ano. Uma dica legal é comprar sempre casacos e jaquetas com tonalidades escuras, como azul marinho, verde-azeitona ou preto. Caso você seja um pouco mais ousado o vermelho, azul e verde em tons pasteis são sempre uma boa pedida.
Agora que você já tem noção do que fica melhor em seu corpo, vamos para a parte mais bacana!! As compras! Você chega na sua loja preferida e pede um casaco, o vendedor prontamente lhe pergunta – qual o modelo? Peacoat? Trench?, Duffle? Raincoat? E os mais desprevenidos logo pensam – “mas o modelo já não é o casaco?!”. Pois então, não. Já prevendo isso nós vamos lhe dar uma pequena aulinha desses termos. Espero que aproveitem!


1 - Jaqueta Jeans (Denim Jacket): São talvez as mais versáteis, e dependendo de sua qualidade de tecido e corte, podem lhe dar uma larga possibilidade de uso. Muito indicado para o homem mais cosmopolita, que sai do trabalho ou da faculdade e já deve estar pronto para um happy hours com os amigos.

2 - Jaqueta Safari: tem forte referência militar, composta tipicamente por 4 bolsos grandes. É com certeza uma das peças principais de nossos armários. Muito versátil também, pode ser usada em diversas ocasiões, pois hoje em dia aparece adaptada em vários tipos de “shape”, mais leves, mais pesados, com lapelas diferentes, etc.
3 -  Jaqueta Bomber (Bomber Jacket): mais leves e é outra opção de Jaqueta Masculina muito versátil, tanto pra usar nos dias mais frescos, por cima de uma Camisa, Camiseta, quanto combinada com algum moletom por baixo ou suéter, para um Inverno rigoroso. Pode ser básica, de uma cor só, mais estampada, enfim, o modelo é uma ótima pedida para compor seu visual!

4 – Peacoat: Lembram bastantes aqueles blazers de marinheiro, tem abotoamento duplo que permite fechá-lo completamente, gola/lapela larga e pontuda, bolsos na altura do tórax, comprimento até o final do dorso, mas que pode ser mais ou menos longo em alguns casos. Comumente feitos de lã rústica, porém existem versões mais atualizadas em sarja, jeans e até moletom. Por isso a paleta de cores é mais limitada, a cor original é azul, mais o preto é muito popular.
5 – Trench coat: Sinônimo de elegância e masculinidade, teve sua origem no exército britânico.  Tem abotoamento duplo, lapela/gola larga que se cruza no peito quando totalmente fechada, dragonas*, martingales nas mangas para isolar o corpo do frio, reforço do lado direito do peito, bolsos na altura da cintura, cinto para ajudar a manter casaco fechado e acinturado. O tecido clássico é o gabardine, mas se diversificou e podem ser encontrados em couro, sarja, jeans e lã. A cor mais tradicional é  beje.
* Dragona vest pala, ornada ou não com franjas, ou peça de metal amarelo que os militares usam em cada ombro como adorno de uniforme de gala e indicativo de sua patente.

6 – Casaco Chesterfield: Tem um porte mais “clássico” europeu com corte mais longo. Por isso um pouco mais difícil de ser utilizado em terras tupiniquins. Mas nunca se sabe... não é?! A moda é uma caixa de surpresas. No comprimento é comum que ultrapasse a linha dos joelhos e raramente é encontrado em versão mais curta, possui abotoamento duplo por tradição, bolsos na altura da cintura e a lapela curta muitas vezes adornada com colarinho de veludo. Encontrados em tweed e lã. Feitos normalmente sob cores azul e cinza, mas pode ser visto em marinho, camelo, marrom e até vinho.
7 – Duffle coat: Corte muito similar ao Peacoat, porém com uma pegada mais rustica, marcada pelo fechamento com ponta de chifre ou peça de madeira que passa por um laço de couro e facilita o manuseio com luvas, capuz largo para ser usado com quepe e forro em xadrez tartã. O comprimento vai até o final do quadril, cobrindo todo o dorso, os bolsos ficam na altura da cintura. Encontrado em lã grossa e forrado com flanela xadrez, mas com o tempo ganhou versões em sarja, lona e nylon. Podem ser encontradas em cores marinho e camelo, vermelho, amarelo e verde militar.

8Parka: Têm um jeitão mais informal, com a finalidade maior de proteger do frio. Existem modelos mais clássicos com um “jeitão” mais militar. O comprimento pode chegar até metade da coxa, possui um cordão que faz as vezes de cinto e a deixa mais acinturada, seus bolsos geralmente tem abas e podem ser fechados com botões, o capuz, item obrigatório de uma boa parka, na maioria das vezes vem forrado com pele. Muito encontrados em sarja pesada, similar a lona, nylon, moletom, jeans e até mesmo tricô. Facilmente encontrados em uma larga paleta de cores pela possibilidade de seus tecidos.

9 – Raincoat e casaco corta vento: Seu sobrenome é praticidade. São os mais indicados para o nosso dia a dia pois como são pouco volumosos estes casacos cabem na bolsa ou pasta e quebram seu galho quando o tempo fecha. Pela sua pegada mais esportiva, são normalmente feitos em tecidos sintéticos impermeáveis. É importante salientar que os raincoat sempre tem um capuz para proteger a cabeça da chuva, item que é opcional no corta vento.

Até a próxima! nos acompanhe nas redes sociais e fiquem ligados nas novidades, abraço!


Fontes:
https://2016dicas.com/moda-inverno-masculina-2016-2016-fotos-tendencias-2016
http://www.ehow.com.br/casacos-masculinos-quais-vestir-funcoes_2980/
http://www.canalmasculino.com.br/quais-sao-os-tipos-de-casacos-masculinos/

Nenhum comentário:

Postar um comentário