19 de novembro de 2015

Entrevista com o stylist e produtor de moda Rodrigo Coelho!

Opa galera beleza? O MPM teve o prazer de entrevistar o stylist e produtor de moda Rodrigo Coelho, ele tem 28 anos, e mora no Rio de Janeiro.



Super simpático, abriu as portas do seu guarda roupa e nos contou tudo, se liga:
MPM: Você acompanha as tendências de moda? 
RC: Sim
MPM: Você se acha fashion?
RC: Acho que sou uma pessoa antenada. Gosto de me sentir bem vestido. Acho que os "títulos" vem de outras pessoas.
MPM: Como você classifica seu estilo?
RC: Eu sou clássico com uma pitada de humor. Gosto de me vestir adequadamente para cada ocasião mas sem deixar de colocar um toque de graça no meu visual.
MPM: Qual ou quais suas referências de moda?
RC: Minhas referencias não são pessoas, geralmente procuro imagens de editoriais de moda para me inspirar.
MPM: Seus amigos pedem dicas de moda para você? 
RC: hahahaha... sempre! e quando não pedem, eu mesmo ofereço! kkkk
MPM: Com o que você mais gasta (roupas, óculos, sapatos...)?
RC: Óculos! Sou viciado!
MPM: Acessórios! Um acessório acrescenta interesse e caráter, que são fortes indicadores de sua “persona fashion”. Qual acessório você não dispensa na hora de compor seus look’s?
RG: Bolsa e óculos. Bolsa é essencial para carregar as tralhas do dia a dia e tenho um óculos diferente para cada dia. rs
Perguntamos que tipo de roupa ele nunca usaria ou já usou e se arrependeu:
" Não curto muito o estilo "oversized". Sou baixinho e roupas grande me diminuem ainda mais. Prefiro os "fits" mais ajustados. Já usei muito "bermudão" e hoje em dia não me vejo mais usando. Me arrependo um pouco".
MPM: Que tipo de roupa você mais gosta de usar? 
RG: Qualquer uma que me sinta confortável.

MPM: Você deixaria de usar uma roupa ou um acessório (que você goste muito), só por que outras pessoas lhe criticam?
RC: Nunca!
MPM: Em sua opinião, o assunto “moda” ainda é um tabu no meio social masculino? Ou os homens de hoje se preocupam mais com a aparência?
RC: Não vejo como tabu. Acho que muitos não se preocupam mesmo. Pessoas diferentes se interessam por assuntos diferentes. 

E para finalizarmos pedimos para que deixasse um recado para os leitores e para os admiradores do seu trabalho:
 Eu sou super feliz em poder trabalhar com o que eu gosto. Meu trabalho e reconhecimento são fruto de muito esforço. adoraria convidá-los a conhecer um pouco mais sobre minha história através do meu site (coelhorodrigo.com) e do meu instagram (@coelhorodrigo).


Bom galera esperamos que tenham gostado, todo mês temos entrevista aqui no nosso site, nos acompanhe nas nossas redes sociais e fiquem ligados nas novidades, valeu!